Roteiros – Page 81 – Forma Conhecer

Encontre os melhores roteiros

Serra do Cipó

A Serra do Cipó é formada por campos rupestres, cerrado e matas, um importante cenário para o estudo desses biomas. Além disso, a formação geológica é também considerada um divisor natural das bacias dos rios São Francisco e Doce. Com uma enorme diversidade de flora e fauna, a região é propícia para a reprodução de espécies endêmicas. Nesta visita, os alunos serão ouvintes de grandes histórias, contadas na Fazenda Cipó e no Quilombo Açude, sem esquecer da famosa homenagem ao Juquinha, com sua estátua no alto da serra.

Show de Física

O Show de Física é um projeto do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), que apresenta aos alunos uma série de demonstrações abordando diversos assuntos interessantes, sempre com um aspecto lúdico, envolvente e interativo, e permitindo que os participantes sintam-se instigados pela busca das explicações e dos significados dos fenômenos físicos demonstrados.

Sítio Burle Marx

Um patrimônio cultural que reúne as mais importantes coleções de plantas tropicais e semitropicais do mundo, o Sítio Roberto Burle Marx é um centro de estudos de paisagismo, botânica e conservação da natureza inserido em uma região de vegetação nativa do Maciço da Pedra Branca. Residência de Burle Marx de 1973 até 1994, ano de sua morte, o sítio é hoje uma unidade especial vinculada ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Sítio do Picapau Amarelo

Localizado em Mairiporã, próximo a São Paulo, o Sítio do Picapau Amarelo é um espaço lúdico de aprendizagem, inspirado nas obras e na história biográfica de seu criador, o escritor Monteiro Lobato. Os alunos vão vivenciar atividades com os principais personagens desse clássico da literatura infantil: Emília, a boneca de pano, Narizinho, Pedrinho, Dona Benta, Tio Barnabé e Cuca.

Sítio do Sol

Localizado no município de Cabreúva, a pouco mais de uma hora de São Paulo, o Espaço Cultural Sítio do
Sol trabalha com a temática indígena de forma única.
De maneira lúdica, os alunos farão uma imersão ao modo de vida do indígena, compreendendo melhor sua história, seus usos e costumes. Um dos momentos mais marcantes da visita é a hora do almoço, em que os alunos irão provar comidas típicas e, principalmente, se alimentar como um indígena.

© Forma Conhecer - All Rights Reserved.